fbpx

Desmistificando Aparelhos Dentais

Tire Suas Principais Dúvidas a Respeito de Aparelhos Dentais Ortodônticos.

Arte Oral Paragominas

Por: Alisson Cordeiro - CRO/PA 4302

Quais os tipos de aparelhos dentais fixos existentes atualmente?

Até esta data (2016), existem basicamente 4 tipos de aparelhos dentais mais utilizados: METÁLICOS – AUTOLIGADOS – ESTÉTICOS – LINGUAIS

Como agem os aparelhos dentais nos dentes?

A principal forma de ação dos aparelhos dentais nos dentes e estruturas ósseas e gengivais é através de aplicação de forças leves nos mesmos, através das peças coladas na frente dos dentes, chamadas de BRACKETS e dos FIOS (arcos) ortodônticos que são atravessados por elas e seguros por aquelas “borrachinhas” coloridas. Estes arcos possuem várias grossuras, onde, de acordo com a correção dos dentes tortos, vamos aumentando a “grossura” daqueles fios.

Quaisquer pessoas podem utilizar aparelhos dentais?

Com as novas tecnologias, fios e aparelhos de titânio e ligas especiais, os aparelhos ortodônticos estão indicados para pessoas entre 7 e 60 anos! É necessário apenas que a pessoa tenha boa saúde bucal, sem cáries ou problemas periodontais (sangramento gengival, por exemplo). Se uma pessoa precisa de tratamento ortodôntico, ela deve antes fazer uma consulta com um dentista clínico para avaliar a saúde da boca.

Quais exames são necessários para iniciar o tratamento?

Geralmente é pedido a chamada DOCUMENTAÇÃO ORTODÔNTICA, que consiste em radiografias especiais da face e dos dentes, laudos do radiologista, fotografias e um modelo em gesso da arcada dental do paciente

Como os brackets são colados nos dentes?

Geralmente o aparelho é colado ao dente com um sistema de resinas e adesivos próprios para tal, oferecendo resistência para que as forças possam ser aplicadas nas peças (brackets) coladas aos dentes.

Como o arco é preso aos brackets dos aparelhos?

Atualmente existem três formas de se prender o arco ao aparelho colado no dente: com alastics ( borrachinhas coloridas ), fios de aço e a tecnologia mais recente com aparelhos chamados AUTO LIGADOS, que não necessitam de borrachinha nem fios de aço

Durante o tratamento Ortodôntico pode ocorrer cáries ou outros problemas nos dentes e gengivas?

Caso o paciente não implemente cuidados de higiene bucal, como utilização de escovas dentais convencionais e especiais e uso do fio dental, problemas como cáries e doenças na gengiva ocorrerão, com certeza. Porém, a higiene bucal em pacientes “ortodônticos” deverá ser mais cuidadosa ainda, confira:

Existe alguma dor na utilização de aparelhos dentais?

No início, enquanto as bochechas e lábios ainda não se acostumaram com ele, pode ser necessário usar a cera de proteção para evitar aftas. Ela impede que os brackets fiquem em atrito com a mucosa bucal. Depois do primeiro mês, geralmente a mucosa se adapta e o incômodo termina. Há ainda a situação em que os brackets são colados, mas o arco não é colocado. Neste caso, a boca pode se machucar mais. Durante o tratamento, quando o paciente realiza a “manutenção” do aparelho, aquela consulta mensal, pode ocorrer leve dor nos primeiros dias, porém, dores mais fortes são indicativos de que algo está errado, exigindo que o paciente volte ao seu dentista para verificação.

Qual é o tempo de tratamento com aparelhos dentais?

Em média, o tratamento com aparelhos dentais dura entre 24 e 36 meses. Porém, existem situações variadas que podem aumentar ou diminuir este tempo, a saber:

Tipo de problema ortodôntico do paciente (grau do problema), ou seja, o diagnóstico do tipo de problema ortodôntico do paciente
Assiduidade do paciente às consultas mensais de “manutenção”. Quanto mais o paciente falta às consultas, maior o tempo de tratamento.
Cuidado do paciente com o aparelho, para não ficar quebrando ou arrancando os brackets durante a alimentação – isto atrasa o tratamento
Tipos diferentes de aparelhos dentais geram resultados mais ou menos rápidos ( por exemplo, aparelhos autoligados são em média 30% mais rápidos )

Existem casos em que temos que “tirar” alguns dentes para realizar o tratamento com aparelhos dentais?

Podemos dizer que as extrações são recomendadas quando não há espaço suficiente para acomodar todos os dentes na arcada dental. O ortodontista vai decidir extrair ou não, dependendo do estudo do caso que é feito na documentação ortodôntica (radiografias, modelos, etc.). Extrair dentes é um ótimo recurso quando bem indicado, mas, se for mal planejado, pode comprometer o resultado. Por outro lado, não fazer as extrações quando é necessário também pode levar o tratamento ao fracasso.

Os dentes podem sair da posição depois que o aparelho fixo é removido? Eu vou precisar de aparelho móvel?

No momento em que cliente e ortodontista concordam que o resultado final foi alcançado, o aparelho fixo é desativado por aproximadamente seis meses a fim de permitir a recomposição do osso em torno das raízes dos dentes. Após este período, ele é removido e substituído pela placa de contenção (na arcada superior), que deverá ser usada para dormir durante um ano. Mais do que “segurar” os dentes no lugar, a placa de contenção serve como um gabarito da sua arcada ao final do tratamento. Se algum tempo depois ela não se adapta normalmente à sua boca, é por que alguma coisa saiu do lugar, certo? Nesta situação, o cliente vai entrar em contato com o ortodontista e marcar uma consulta o mais rápido possível para diagnosticar a causa do problema. Mas é importante frisar que a estabilidade do resultado é obtida com o aparelho fixo, a placa de contenção é um instrumento de controle do cliente.

A contenção inferior é fixa e colada por trás dos caninos inferiores mantendo os dentes firmes na posição já que esta área é bem mais instável que a superior.

Também é muito importante fazer ao menos uma consulta anual com o seu ortodontista para monitorar a estabilidade do caso e evitar surpresas desagradáveis como dentes saindo da posição.

[reactions]

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook 0
Compartilhar no google
Google+ 0
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn 0

Atendimento Pelo Messenger

Atendimento Pelo Whatsapp:

91 98123-0259

Arte Oral Odontologia Avançada - EPAO 393 CRO/PA Respons. Téc.: Alisson Cordeiro de Oliveira / CRO/PA 4302